A Unijuí participa da ExpoIjui Fenadi 2019 com o stand “Espaço Startups”, juntamente com a Criatec, a incubadora de empresas, e a Agit, a agência de inovação e tecnologia, ambas da universidade, no qual as empresas incubadas divulgam seus serviços e tecnologias para o público da feira.

A Criatec está presente na ExpoIjuí desde o ano de sua criação, em 2007, com o “Espaço Startups”. De acordo com a coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini, a incubadora desempenha um papel fundamental de apoio e incentivo aos empreendedores. “O grande papel nosso como universidade é transformar o conhecimento em negócio. É a partir do conhecimento que a gente gera a inovação. E o papel da incubadora é pegar esse conhecimento, transformar em negócio e levar para o mercado, como inovação, seja ela local, regional e, quem, sabe em escala nacional”, destaca a coordenadora.

A Agextec é um bom exemplo de parceria entre uma ideia empreendedora e a Criatec. Considerando que mais de 90% dos municípios gaúchos não possuem estações meteorológicas, a Agextec desenvolve estações meteorológicas compactas, capazes de interagir com inteligências artificiais e alertar os clientes a cada 5 minutos, sobre as condições ideais para aplicação de defensivos. Além de permitir o acesso a informações mais representativas da realidade da propriedade, o sistema também utiliza os dados meteorológicos para realizar o monitoramento da ferrugem asiática, disparando alertas para consultores e produtores assim que as condições para germinação do esporo tenham ocorrido. “O foco é utilizar os dados para desenvolver soluções digitais capazes garantir tomada de decisões mais assertivas na lavoura, evitando desperdícios e gastos extras, como por exemplo, a aplicação de defensivos em períodos do dia com condições meteorológicas desfavoráveis”, explica o sócio proprietário da Agextec, César Augusto Fensterseifer.

O custo para que os produtores rurais possam acessar as informações das estações em tempo real, por meio de um aplicativo no celular, é de R$80,00/mês. O valor é considerado acessível em comparação a outras opções do mercado, em que o cliente necessita adquirir a estação (R$ 15.000,00) e ainda pagar R$300,00 mensais para ter acesso aos dados. A empresa lançou sua primeira estação meteorológica na ExpoIjuí no dia 15 de outubro e, até dezembro, pretende instalar entre 50 e 60 estações na região noroeste do estado.

Segundo César, a Criatec possibilitou aos proprietários da empresa voltada à agrometeorologia o conhecimento comercial, de projetos e de plano de negócio, sendo fundamental para o crescimento da empresa, divulgação e expansão no mercado.